?Somente um Poder Judiciário forte é que que poderá garantir a democracia?, afirma juiz ao se despedir da toga em decisão

01/09/2020

Juiz de Direito Paulo Alexandre Ayres De Camargo completou 21 anos de carreira no TJ/SP.

"Somente um Poder Judiciário forte é que que poderá garantir a democracia, o respeito às liberdades, a segurança pública e a justa punição àqueles que, colocados no poder pelo voto da população, insistem em trair seus eleitores através da prática de corrupção e desvio de poder". Com estas palavras o juiz de Direito Paulo Alexandre Ayres De Camargo, de Jacareí/SP, se despediu da magistratura ao assinar sua última decisão.

O magistrado finalizou a decisão, que envolvia a penhora de veículos, esclarecendo ser a última proferida. Ele explica que será exonerado após completar 21 anos de carreira e assinala: "Rememoro que, na data de meu ingresso (03/09/1999), a plena capacidade civil se atingia ao completar 21 anos de idade. Espero que, agora 'plenamente capaz', obtenha sucesso ao alçar meu mais novo voo".

Camargo vai assumir o cargo de assessor de investimentos numa instituição financeira.  Ele vinha exercendo a diretoria de Planejamento Financeiro para Magistrados da AMB - Associação dos Magistrados Brasileiros e foi diretor-adjunto da Apamagis - Associação Paulista de Magistrados.

Na decisão-despedida, o magistrado manifesta, ainda, sua “eterna gratidão ao Tribunal de Justiça de São Paulo” e faz votos de que “Deus abençoe os profissionais do Direito que trabalham ‘em’, ‘para’ e ‘com’ o Poder Judiciário”.

Veja a decisão.

Fonte: Migalhas