Justiça do Ceará explica uso do sistema eletrônico processual

01/03/2018

 Ao longo da segunda-feira (26/02), técnicos da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça do Ceará (Setin-TJCE) estarão na Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) explicando para supervisores das 24 unidades dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais (JECC) de Fortaleza como devem utilizar os sistemas eletrônicos na redistribuição de processos, dentro da nova estruturação dos JECC.

Os funcionários dos Juizados estão recebendo instruções sobre como utilizar o PJe (Processo Judicial eletrônico), Sproc e Projudi, que estão sendo repassadas pelos seguintes servidores da Setin: Gustavo Henrique Gondim Pereira, Cláudia Beatriz Cambraia Nogueira, Josenildo da Silveira Santos e Carlos Henrique Castro Freire.

Na quarta-feira (28/02) teve  início o esforço concentrado para promover a redistribuição do acervo de processos penais que se encontram nas unidades cíveis, os ajustes nos sistemas processuais eletrônicos, as mudanças físicas e permuta de servidores entre unidades e outras ações necessárias à adequação prevista na Resolução nº 2/2018, do TJCE. O mutirão irá até 2 de março.O primeiro encontro para discutir a reestruturação das unidades dos Juizados aconteceu dia 15/02, na Esmec, sob a orientação da juíza Ijosiana Cavalcante Serpa, coordenadora dos JECC da Capital.

Fonte: CNJ