Marqueteiros do PT vão depor a Moro sobre sítio de Atibaia

05/02/2018

O marqueteiro João Santana e sua mulher e sócia Mônica Moura vão prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro às 14h desta segunda-feira (5) no processo sobre o sítio de Atibaia do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Os dois foram os primeiros convocados a serem testemunhas da acusação para depor no caso, que faz parte da Operação Lava Jato. O casal vão falar a Moro depois de assinarem acordo de delação premiada. 

A defesa de Lula afirma que a acusação não tem provas contra o petista e que ele não é dono do imóvel. 

Entenda o processo

No dia 1 de agosto de 2017, o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, aceitou a denúncia do MPF (Ministério Público Federal) contra Lula que o acusa de recebimento de propina de empreiteiras em troca de facilitação de contratos das companhias com a Petrobras.

Segundo o MPF, parte dos recursos foram utilizados na reforma da um sítio em Atibaia, que seria propriedade do petista. O pecuarista e amigo de Lula José Carlos Bumlai teria bancado R$ 150,5 mil da reforma, enquanto enquanto a Odebrecht pagou R$ 700 mil e OAS, R$ 170 mil.

Fonte: R7