Ministra de Temer passou Ano-Novo em hotel da FAB em Noronha

09/01/2018

A nova ministra do Trabalho, Cristiane Brasil (PTB-RJ), que depende da resolução de uma batalha judicial para assumir a pasta nesta terça-feira (9), passou o Ano-Novo em um hotel de trânsito da FAB (Força Aérea Brasileira).

De acordo com a assessoria de imprensa da FAB, “o imóvel tem disponibilidade para hospedagem de militares, autoridades e personalidades civis, desde que haja disponibilidade de vagas e que seja feita a devida indenização.”

Ao R7, no entanto, a FAB não confirmou se a nova ministra de Temer foi acompanhada de amigas, também não informou os valores de hospedagem nem o tempo em que Cristiane permaneceu por lá.

As diárias da propriedade administrada pelo Comando da Aeronáutica no arquipélago são mais em conta do que outros hotéis e pousadas de Noronha.

A nova ministra de Temer usou voo comercial e não uma aeronave oficial para o deslocamento.

Procurada pelo R7, a assessoria de imprensa de Cristiane Brasil ainda não se manifestou sobre o assunto.

Publicidade
Fechar anúncio

Confira, na íntegra, a nota de esclarecimento da FAB

“Com relação a demandas recentes sobre hospedagens em instalações do Comando da Aeronáutica localizadas no arquipélago de Fernando de Noronha, no estado de Pernambuco, o Centro de Comunicação da Aeronáutica esclarece que:

- A casa em questão é uma propriedade administrada pelo Comando da Aeronáutica, que abrigará ainda este ano uma Estação Meteorológica de Altitude. O imóvel tem disponibilidade para hospedagem de militares, autoridades e personalidades civis, desde que haja disponibilidade de vagas e que seja feita a devida indenização;

- Os recursos arrecadados com as hospedagens são utilizados para a manutenção do referido imóvel; e

- No caso da hospedagem recente da deputada Cristiane Brasil, tudo transcorreu dentro dos trâmites legais previstos, ou seja, havia disponibilidade de vaga, a parlamentar indenizou a sua permanência na casa por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) e realizou a sua viagem em voos comerciais.”

Fonte: R7