INSS suspende missões dos PREVBarcos no Amazonas

20/01/2021

Medida é preventiva devido ao agravamento da pandemia na região.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspendeu as missões das Unidades Móveis Flutuantes (PREVBarcos) Manaus Flutuante 1 e 2 devido ao agravamento da pandemia da Covid-19 no estado. No dia 5 de fevereiro próximo, será realizado um estudo para verificar a viabilidade do retorno das atividades.

O INSS conta com cinco PREVBarcos. Dois deles navegam nos rios do estado do Amazonas, dois no Pará e outro em Rondônia. Possuem equipamentos de última geração para navegabilidade e estrutura completa de atendimento, o que possibilita que os segurados recebam os mesmos serviços de uma agência fixa do INSS.

Além dos guichês de atendimento, há uma sala para perícias médicas e outra para avaliações dos benefícios assistenciais. As embarcações também cumprem os requisitos de acessibilidade para segurados e beneficiários com deficiência ou mobilidade reduzida.

Fonte: Ministério da Economia