Comissão vota parecer com novas regras de saque do PIS e do FGTS

30/09/2019

A comissão mista sobre a medida provisória (MP 889/19) que traz regras para saques no PIS/Pasep e no FGTS, reúne-se nesta quarta-feira (2) para votar o parecer do relator, deputado Hugo Motta (Republicanos-PB).

Deputados e senadores apresentam 134 emendas para tentar alterar a MP. A maior parte das sugestões de alteração no texto vem dos partidos de oposição ao governo.

De acordo com a MP, desde 19 de agosto, qualquer titular de conta individual no PIS/Pasep – ou seus dependentes, se for o caso – pode sacar o saldo integral. Esses fundos atendiam trabalhadores com carteira assinada ou servidores públicos até 1988.

Em relação ao FGTS, de setembro a março de 2020, o trabalhador poderá retirar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa. Outra opção, será fazer retiradas, a partir de 2020, no mês do aniversário, em valores que dependerão do saldo da conta.

Com essas medidas, o governo pretende devem injetar até R$ 42 bilhões na economia até o fim de 2020.

A votação do parecer está marcada para as 14h30, no plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado.

Fonte: Agência Câmara Notícias