Alunos da Apae Vitória iniciam curso profissionalizante

21/02/2019

Parceria com participação da Superintendência Regional do Trabalho (SRT-ES) amplia oportunidades de inserção de pessoas com deficiência intelectual e múltipla no mercado de trabalho.

Vinte alunos da Apae Vitória iniciaram um curso de formação de assistente administrativo e já recebem remuneração. Iniciadas na segunda-feira (11), as aulas se estenderão até o fim de 2019, quando os aprendizes obterão certificados. As aulas ocorrem de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, na sede da Apae Vitória.

Os auditores-fiscais Péricles Rocha de Sá Filho e Maria Elisa, da Superintendência Regional do Trabalho do Espírito Santo (SRT-ES), articuladora da iniciativa, explicam que a Apae Vitória fornece as instalações e apoio psicossocial aos alunos e suas famílias, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-Vitória) é responsável pelo material didático e pelos profissionais que dão as aulas e a empresa parceira Pelicano Construções S.A. contratou os aprendizes e fez um aporte financeiro para o pagamento da remuneração deles. 

Além de articular parcerias com diversas empresas para a inclusão de PcDs no mercado de trabalho, a SRT-ES acompanha o processo de adaptação do funcionário na empresa e oferece orientações às equipes que irão se relacionar com a pessoa com deficiência intelectual e múltipla.

Sistema de cotas – O oferecimento do Programa de Aprendizes não pode ser utilizado para o preenchimento das vagas legalmente reservadas pelo sistema de cotas para a contratação de funcionários pelas empresas, e a remuneração oferecida não implica suspensão, de nenhuma ordem, do Benefício de Prestação Continuada (BPC) que as pessoas com deficiência recebem do INSS.

 
Fonte: Ministério da Economia