Ministério do Trabalho reconhece 19 novas ocupações

20/02/2018

Atualizações foram realizadas após estudos das atividades e perfis de cada categoria

O Ministério do Trabalho atualizou, nesta segunda-feira (19), a lista da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). Foram incluídas 19 novas atividades profissionais (veja tabela abaixo). Com as inserções, o número de ocupações reconhecidas no Brasil chega a 2.685.

A CBO é um documento que retrata a realidade das profissões no mercado de trabalho. Sua atualização acompanha o dinamismo das ocupações, levando em conta mudanças nos cenários tecnológico, econômico, cultural e social do país. Seus dados alimentam as bases estáticas de trabalho e servem de subsídio para a formulação de políticas públicas de emprego.

O reconhecimento de uma ocupação é feito após um estudo das atividades e do perfil da categoria. Durante o processo, são realizadas oficinas com os trabalhadores. A coordenadora da CBO no Ministério do Trabalho, Cláudia Maria Virgílio de Carvalho, explica que o reconhecimento da ocupação é uma construção entre o governo e a sociedade. Ela destaca a importância de ouvir todos os envolvidos, inclusive os trabalhadores. “Quem melhor pode falar sobre uma ocupação é quem desempenha a função”, pondera.

As atualizações da CBO atendem a demandas da sociedade, entidades governamentais, conselhos federais, associações, sindicatos, empresas, instituições de ensino e trabalhadores autônomos. A solicitação de inclusão pode ser feita a partir de mobilização coletiva ou por e-mail (cbo.sppe@mte.gov.br). Nos dois casos, é necessário o envio de documentos com informações referentes à ocupação.

Também foi publicada nesta segunda-feira uma atualização de conteúdo das ocupações da família de porteiros e vigias. O objetivo foi readequar o texto de acordo com as atividades desses profissionais.

Confira as novas ocupações reconhecidas pela CBO

Nova Ocupação

Família da Ocupação

 Engenheiro de Logística

Profissionais de produção, qualidade segurança e afins.

Registrador de Câncer

Trabalhadores em registro e informações em saúde.

Amarrador e Desamarrador de Embarcações

Trabalhadores de carga e descarga de mercadoria.

Polícia Legislativa

Policiais, guardas-civis municipais e agentes de trânsito.

Instalador de Sistemas Fotovoltaicos

Instaladores e reparadores de linhas de cabos elétricos, telefônicos e de comunicação de dados.

Rejuntador Cerâmico

Aplicadores de revestimentos cerâmicos, pastilhas, pedras e madeiras.

Profissionais de Relações Governamentais e Institucionais

Gerentes de comunicação, marketing e comunicação.

Assistente de direção (TV)

Profissionais de produção de rádio e televisão.

Continuísta

Diretores de Programação

Diretores de espetáculos e afins.

Diretores de Produção

Diretor artístico

Coordenador de programação

Técnicos de operações de registros sonoro/audiovisuais.

Assistente de operações

Supervisor de operações (mídias audiovisuais)

Supervisores operacionais e técnicos em mídias audiovisuais.

Supervisor técnico (mídias audiovisuais)

Sonoplasta

Técnicos em áudio.

Analista musical

Diretor de imagem (TV)

Técnicos em montagem, edição e finalização de mídia audiovisual.

Fonte: Ministério do Trabalho