Ribeirão Preto já integra Programa Via Rápida Empresa

24/03/2016

Com o objetivo de agilizar e desburocratizar os procedimentos para abertura, alteração e licenciamento de empresas, Ribeirão Preto passa a integrar o programa Via Rápida Empresa. O lançamento do programa aconteceu nessa terça-feira (22), no Palácio Rio Branco, com a presença da prefeita Dárcy Vera (PSD); do secretário da Fazenda, Francisco Sérgio Nalini; do coordenador do programa, Hamilton Iamamulla; além do presidente da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto, Antônio Carlos Maçonetto; do presidente Sindicato dos Contabilistas de Ribeirão Preto e região, Marcio Minoru, e secretários municipais.

O programa Via Rápida Empresa foi implantado por intermédio de uma parceria entre a Secretaria Municipal da Fazenda, Governo do Estado de São Paulo e Junta Comercial do Estado de São Paulo - Jucesp.  O município de Ribeirão Preto passa a integrar um grupo de cerca de 100 municípios que já utilizam o sistema no Estado de São Paulo.

Conforme explicou a prefeita, a integração entre os municípios é um dos pontos fortes da iniciativa. “Trata-se de um grande avanço no segmento, que atende as expectativas dos profissionais do setor e pessoas interessadas em abrir uma empresa”, afirmou a chefe do Executivo. “O programa desburocratiza e torna mais acessíveis informações que garantem apoio para a abertura, alteração e licenciamento de todas as empresas, independente do tamanho ou segmento de atuação”, emenda Dárcy Vera.

O atendimento, feito via web - https://www.jucesp.sp.gov.br/VRE/, possibilita a realização dos serviços de pesquisa de viabilidade, registro empresarial, inscrições tributárias e licenciamento de atividades em um único atendimento. “O empreendedor pode contar com toda a documentação para fazer o registro e a legalização de empresas em até cinco dias úteis, economizando tempo e gastos com deslocamentos, autenticações de documentos e reconhecimentos de firma”, explicou o secretário da Fazenda, Sérgio Nalini.

Inicialmente 20 servidores municipais farão o atendimento, sendo que o suporte operacional será de responsabilidade da Jucesp. Conforme explica Hamilton Iamamulla, um dos responsáveis pela implantação do programa no município, o processo pode levar até 48h para a liberação do Certificado de Licenciamento Integrado. “Dentre outras vantagens, podemos destacar o restabelecimento da lógica no processo de abertura e registro de empresa, garantindo mais segurança aos empresários”, afirma Iamamulla.

Para o presidente do Sindicato dos Contabilistas de Ribeirão Preto e região, Marcio Minoru, o processo integrado prevê a diminuição da informalidade no município, além de garantir benefícios para a abertura de novas empresas. Já o presidente da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto, Antônio Carlos Maçonetto, destacou a iniciativa como positiva, tratando-a como um ganho para os empresários da cidade.

Fonte: Prefeitura de Ribeirão Preto