Superintendência de Alagoas faz parceria para inclusão de pessoas com deficiência e reabilitados no mercado de trabalho

01/03/2016

Interessados devem enviar currículo até 31 de março

A Superintendência do Trabalho e Emprego de Alagoas (SRTE/AL) lançou uma parceria para inserir pessoas com deficiência e reabilitados no mercado de trabalho. Até 31 de março, interessados em fazer parte da equipe de aprendizes de empresas de construção civil devem enviar currículo para a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi). A ideia surgiu porque a Lei nº 8.213 determina que toda empresa com 100 ou mais empregados está obrigada a oferecer de 2% a 5% dos cargos para pessoas com deficiência. A cota varia de acordo com o porte da empresa.

Pela parceria, a Superintendência conduz as fiscalizações das construtoras sujeitas às leis das cotas, o INSS identifica os segurados em processo de reabilitação que estão dentro dos critérios do programa, o Senai fornece os cursos de qualificação na área e Ademi e Sinduscon-AL ajudam a ampliar a rede de divulgação e articulação com as empresas.

Com a iniciativa, o ministério notificou 80 empresas sujeitas as cotas legais. Devem ser admitidas inicialmente 260 pessoas acima de 18 anos, que terão a contratação vinculada à aprendizagem profissional. Elas terão jornada de trabalho, bolsa e vale transporte e, ainda, poderão acumular o benefício de prestação continuada até a conclusão da aprendizagem. Durante esse período, farão os cursos de qualificação para auxiliar administrativo, técnico de segurança do trabalho e técnico de edificação (encanador, pedreiro, instalação elétrica, hidráulica). A duração do curso será de dois anos e haverá aulas práticas nas empresas.

Segundo dados do Ministério do Trabalho e Previdência Social, no estado de Alagoas 429 pessoas com deficiência foram inseridas no mercado de trabalho em 2015 por intermédio das fiscalizações trabalhistas. A expectativa do auditor fiscal do trabalho, Leandro Carvalho, é de que essa parceria faça com que o número aumente em 2016, “principalmente pela possibilidade das pessoas com deficiência contempladas nessa parceria acumularem o benefício que já recebem como o salário da aprendizagem profissional por até dois anos. Além, é claro, da qualificação profissional”.

Seleção - Os interessados em participar precisam passar por uma pré-seleção. Eles devem enviar o currículo para o e-mail da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi) e -mail: rsocial@ademi-al.org.br até 31 de março. As aulas começam em 2 de maio. Atenção: Somente para candidatos que residam em Alagoas.

Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego