Secretários do MTPS debatem desafios da classe trabalhadora em seminário

18/02/2016

O secretário Especial do Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), José Lopez Feijóo, e o secretário de Relações do Trabalho, Manoel Messias, falaram nesta terça-feira (16), sobre a garantia de direitos dos trabalhadores. Eles defenderam o posicionamento na abertura do Seminário Nacional de Planejamento da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística (CNTTL/CUT), que vai até quinta-feira (18), na sede da Contag, em Brasília.

O evento Os Desafios da Classe Trabalhadora reúne representantes dos trabalhadores em transportes aéreo, rodoviário, metroviário, portuário, viário e de cargas das regiões sudeste, nordeste e sul do país. O objetivo é definir uma nova agenda de ações e debates sobre os direitos dessas categorias.

O secretário José Lopez Feijóo contextualizou o cenário econômico do país e citou a valorização do salário mínimo em 76% acima da inflação como uma das conquistas dos trabalhadores nos últimos anos. Feijóo também ressaltou a necessidade de fortalecimento da democracia: “Sempre que em qualquer país se estabelece um golpe que derruba uma democracia, as primeiras instituições a serem atacadas são as organizações sociais. A democracia é um valor que não podemos perder de vista pois interessa a todos nós, trabalhadores”.

Ao apoiar o fortalecimento de organizações trabalhistas, o secretário de Relações do Trabalho (SRT/MTPS), Manoel Messias, afirmou que é preciso construir entidades, federações e confederações por ramo, para organizar os trabalhadores de forma mais ampla do que por categoria. “Precisamos unir trabalhadores e permitir que as pautas se entrelacem e se fortaleçam”, afirmou.

O presidente da CNTTL, Paulo João Eustasia, o Paulinho, destacou a importância do planejamento para novas conquistas dos trabalhadores e a ampla representatividade do segmento de transportes no seminário: “é uma oportunidade para debater com todos os trabalhadores, planejar com eficácia; reencontrar e discutir de acordo com o cenário nacional”.

Também participaram da abertura do seminário nesta terça-feira, os deputados federais Érika Kokay (PT/DF) e Arlindo Chinaglia (PT/SP), o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Distrito Federal, Jorge Farias, e representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Fonte: Agência Câmara Notícias